O Natal é mais uma festividade que contribui para a capacidade imaginativa da criança. E a gente sabe da importância da imaginação na infância para que, no futuro, o adulto consiga ter um pensar claro, criativo e dinâmico. A gente semeia na infância o que quer ver brotar na vida adulta, né?

Isso acontece com a imaginação também!

A gente se preocupa com tantos detalhes da educação de uma criança, que se esquece da relevância da imaginação!

 

E, para enriquecer a capacidade imaginativa de uma criança, nós temos duas ferramentas que estão à nossa disposição:

  • as boas histórias que contamos no decorrer da infância
  • as festas e celebrações, que se repetem a cada ano (estações do ano, aniversário, festas religiosas, datas comemorativas do país).

 

O Natal está chegando…

E muita gente me conta estar cansado e desanimado com a superficialidade que o Natal vem ganhando nas mídias, no comércio e até nas celebrações familiares. A cada ano, um esvaziamento maior…

Mas não precisa ser assim!

A gente pode redescobrir o Natal juntos, compreendendo o simbolismo de algumas tradições e tentando experimentar algumas delas, para vermos o que mais toca o coração da nossa família (e o nosso!).

 

Compreendendo o Natal e suas possibilidades

 

Muitas pessoas vivenciam o Natal apenas na noite entre o dia 24 e o dia 25 de dezembro, celebrando o nascimento do menino Jesus ou a vinda do papai Noel com seu saco de presentes.

Mas o período do Natal é mais extenso:

  • envolve uma preparação, o Advento;
  • a noite especial (24 para 25/12) e
  • as 12 Noites Santas, que findam no Dia de Reis/Epifania.

 

Podemos dizer que há um ANTES, um DURANTE e um DEPOIS dessa noite tão importante!

O período do Advento, em geral, é o que permanece mais vivo nas nossas lembranças de infância: são os dias de preparar a casa, decorá-la, montar a árvore de Natal, vivenciar o calendário do Advento e a Coroa do Advento, acompanhar a montagem do presépio, fazer ou providenciar os presentes e cartões, acender velas, fazer biscoitos, cantar músicas de Natal, ouvir histórias.

O Advento engloba o período de 4 domingos antes da noite de Natal. Nesse ano, ele começou no dia 02 de dezembro. A cada domingo, temos um “marco” que simboliza a espera pela noite de Natal.

E cada família pode conduzir essa espera cheia de esperança da sua maneira: como gosta e como é possível dentro da sua rotina.

Acontece que, no início do Advento, logo no dia 06 de dezembro, temos também um outro dia especial!

 

São Nicolau

 

Conta-se que São Nicolau nasceu no século três em Patara, uma cidade que pertencia à Grécia, mas que agora pertence à Turquia. Seus pais eram ricos e o criaram como um cristão devoto. Ambos morreram em uma epidemia quando Nicolau era muito jovem. Seguindo as palavras de Jesus, usou toda a sua herança para ajudar os necessitados e os enfermos. Dedicou sua vida a servir a Deus e chegou a ser bispo de Myra, uma cidade no Oriente, ainda jovem. O bispo ficou conhecido por sua generosidade com os pobres, o amor pelas crianças e sua preocupação com os marinheiros e seus barcos.

 

 

St Nicholas

 

Na época do imperador Diocleciano, que perseguia os cristãos, o bispo Nicolau sofreu por sua fé, foi exilado e preso. Depois de solto, ainda presenciou o Concílio de Niceia em 325 e morreu em 06 de dezembro, em 343, em Myra. Foi enterrado em sua igreja e o aniversário da sua morte ficou conhecido como Dia de São Nicolau.

 

Ao longo dos séculos, muitas histórias e lendas foram contadas sobre a vida de São Nicolau. Essas histórias e lendas nos transmitem as características peculiares desse santo.

 

 

 

 

 

Celebrar São Nicolau traz alegria e festividade para lares, escolas, igrejas e comunidades. Suas surpresas e mistérios ajudam a manter o espírito do bom São Nicolau, especialmente as suas histórias de bondade, presentes e cuidados com os necessitados. São Nicolau nos ajuda a lembrar que o Natal é uma festa de amor, bondade e generosidade. Ah, o São Nicolau é um santo do Advento!

 

Celebrando em casa

 

Há muitas formas de celebrar o dia de São Nicolau em casa! A melhor maneira é sempre aquela que é possível, que a gente dá conta de fazer além das nossas outras tarefas diárias.
Podemos começar contando uma história sobre São Nicolau. Há várias lendas sobre ele. Escolhi uma das histórias que mais gosto e gravei nessa COLETÂNEA com histórias de Natal. Assim, é só colocar para a família ouvir, com uma vela acesa, tornando o momento mais do que especial!
E podemos colocar sapatos na janela, meias ou botas de Natal penduradas em algum lugar da casa, para que São Nicolau deixe seus presentinhos.
Na manhã do dia 06 de dezembro (ou, se não conseguir, em algum momento do dia, pode ser à noite, quando você chegar do trabalho), vocês descobrirão juntos os presentinhos que ele deixou: uma maçã, uvas-passa, nozes e até um pouco de glitter, para simbolizar o brilhinho de São Nicolau.

Em alguns países europeus e na Holanda, as botas e meias deixadas pelas crianças são enchidas no dia 05 de dezembro. Também acreditam que se deixarem cenouras e feno  em suas botas e meias para o cavalo de São Nicolau, este deixará em agradecimento alguns docinhos.

 

 

Sobre São Nicolau e o Papai Noel

 

Acredita-se que São Nicolau tenha dado origem ao que hoje conhecemos como Papai Noel.
Portam um manto, têm barba branca, viajam pelo céu (um com cavalo, outro com trenó) e ambos são generosos e bondosos com as crianças. Há muitas semelhanças. Veja as duas imagens:

 

                                                     

 

Assim como o papai Noel tem os seus ajudantes, em muitos países São Nicolau é associado a uma outra figura. Em certas regiões da França, São Nicolau é acompanhado do Père Fouettard, o qual usa um grande manto escuro com capuz, botas grossas e, às vezes, carrega um saco. Ele faz travessuras com as crianças que não se comportam bem e dão a elas carvão, batatas ou cebolas, no lugar dos doces e presentinhos (para as que se comportaram direitinho ao longo do ano).

Em outros países, essa figura é conhecida como Krampus, Hans Trapp, Zwarte Piet.

 

Ficou interessado em saber mais e ouvir uma linda história de São Nicolau? Veja a coletânea “As histórias de Natal que eu queria ouvir” que eu preparei, selecionando, traduzindo e gravando com exclusividade narrativas de Natal para quem aprecia boas histórias!

Além de uma narrativa sobre São Nicolau, há outras belíssimas. Tenho certeza de que você e sua família irão se encantar! Confira no LINK.

 

 

6 thoughts on “O dia de São Nicolau está chegando!

  1. Muito interessante. Como não sou católica, não sabia. Mas a caridade de Nicolau, muito nos ensina.

    1. Olá, Yara!
      Comecei a me interessar por essas histórias muito mais pelas imagens e pela riqueza cultural do que pela religião em si. Hoje coleciono histórias de várias religiões e tradições! Temos muita coisa bonita por aí! Fico feliz que tenha gostado. Bjos

    1. Olá, Helenice!
      Muito bom saber que você ampliou o seu repertório como um todo. As histórias sempre nos enriquecem! Bjos

  2. Ola! Gostaria de adquirir a coletânea de histórias de natal, mas não consegui finalizar comprar pelo site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *