Atendendo a pedidos, hoje começa mais uma Semana Especial no Educar com Histórias!!!

E, dessa vez, para celebrarmos a entrada de uma nova estação do ano, o tema escolhido foi primavera, que começará oficialmente no hemisfério sul no próximo sábado, dia 22/09 e se prolongará até dia 21/12.

Teremos muito tempo para vivenciar a primavera com as crianças e, foi pensando nisso, que selecionei histórias para essa Semana Especial – Histórias de Primavera, de 17 a 22/09/2018.

A cada dia, colocarei aqui no site uma história que tenha ligação com elementos associados à primavera: o despertar da natureza, flores, cores, pássaros, abelhas, sol, sementes, árvores…

O processo para fazer uma Semana Especial é árduo:

  • Pesquisar várias narrativas (ler, ler e ler)
  • Selecionar as melhores (o processo mais difícil para uma libriana… são tantas histórias lindas!)
  • Traduzir (nessa seleção, traduzi quatro histórias, só duas já estavam em português)
  • Organizar o repertório para contemplar vários temas primaveris e as diferentes idades das crianças (histórias para crianças pequenas e maiores).

 

A narrativa de hoje, a 1a da Semana de Primavera, eu selecionei porque ela mostra o aspecto cíclico das estações. Mesmo que eu goste muito da primavera e ela vá embora, depois com certeza ela voltará! A criança internaliza esse movimento da natureza, de repetição, de ordem, que traz para ela segurança, confiança e tranquilidade.

Esta é uma narrativa curta, com linguagem simples, que tem um animalzinho no enredo – características ideias para uma história apropriada a crianças pequenas.

Ah, não sei qual a fonte dessa história, não me lembro onde a encontrei… Achei o arquivo no meu computador, na pasta “Primavera”. E antes que ficasse mais tempo esquecida, resolvi compartilhar logo!

 

Uma dica

Na descrição do outono e especialmente do inverno, podemos adaptar o texto (que tem características do hemisfério norte) para a realidade brasileira. Como aqui não neva, podemos dizer “quando o Inverno chegou com seus dias gelados…”

É importante adaptar suas descrições para o local onde a criança vive, para a realidade que ela vivencia. Quem mora no litoral pode, por exemplo, fazer as descrições das estações segundo o que acontece na praia!

Espero que goste. Amanhã tem mais!

 

 

“O coelho que tinha nascido na Primavera”

 

Era uma vez um coelhinho que, tendo nascido na Primavera, gostava muito dessa estação e pensava que não havia mais estações do ano. Um dia, porém, a Primavera acabou. Começou o Verão, e o coelhinho achou-o um tempo detestável.

– Oh, oh – gemeu tristemente – todas as coisas bonitas que a Primavera trouxe desapareceram.

E não quis ir com os outros coelhinhos pular pelos campos banhados pelo sol de Verão. Não quis acompanhá-los ao bosque que o Outono tornara ruivo, nem quis brincar às escondidas em cima do tapete de folhas secas. Por fim, quando o Inverno chegou com as suas tempestades de neve e com a geada, correu a meter-se no fundo da toca, onde passou três meses a queixar-se e a lamentar o desaparecimento da Primavera.

Mas, um belo dia, o Inverno acabou e um cheirinho de Primavera entrou pela toca do coelhinho. Este saiu, cautelosamente, com o focinho no ar e o coração a tremer de espanto e desconfiança. Oh, que milagre! Tinha voltado a Primavera.

– A Primavera voltou! – exclamou o coelhinho, louco de alegria.

– Pois com certeza – observou sorrindo um coelho velho muito sábio, que passava por ali. – A primavera volta todos os anos!

– Volta todos os anos! – exclamou o coelhinho.

Esta descoberta deu-lhe tanta alegria que se pôs a dançar. Dançou durante toda a Primavera, durante todo o Verão, todo o Outono e todo o Inverno. Nunca mais deixou de dançar. Mas sempre gostou mais da Primavera do que das outras estações e ainda é assim até hoje.

 

Para quem faz parte da minha Lista Pessoal, todas as narrativas dessa Semana Especial serão enviadas por e-mail, em PDF, facilitando a organização do repertório de histórias. Se você ainda não faz parte da Lista e quiser se inscrever, deixo o link: http://eepurl.com/czzPEv

43 thoughts on “Semana Especial de Primavera – 1a História

    1. De nada, Neide! É sempre um prazer compartilhar belas histórias! Bjos

  1. Lindeza!Observei que a certeza do ciclo , do retorno traz segurança, especialmente em crianças bem pequenas em época de adaptação. Esta imagem é linda!Gratidão!

    1. Olá, Lylian! É isso mesmo. Os pequeninos são bem sensíveis a isso. Mas até os 7 anos, a gente pode trabalhar com essa certeza do movimento cíclico, que acalma. Bjos

    1. Olá, Elisete! Bom vê-la por aqui nessa Semana de Primavera! Hoje foi só o 1o dia, a 1a história! Bjos

  2. Olá Ana. Obrigada pela dedicação e carinho. Tenho utilizado as histórias e dicas por onde conto histórias. Sempre indico seu canal. Principalmente para as “recém mamães” da maternidade. Sinta-se abraçada.

    1. Ah, que maravilha, Sílvia! Muito obrigada por indicar o canal. Já fico sonhando que esses bebês crescerão ouvindo boas histórias, da boca de suas mães… É isso o que eu mais quero: que adultos próximos, com ligação afetiva, contem as histórias para s crianças! Obrigada pelas palavras e pelo abraço. Bjo

    1. Olá, Doralice! Os alunos sabem reconhecer uma boa história! Bom saber que eles têm uma professora que é contadora de histórias! Bjos

  3. ANA VOCÊ É EXCELENTE ,ADORO SUAS NARRATIVA E ESSAS HISTÓRIAS ENCANTADORAS ,OBRIGADA PELAS DICAS .

    1. Olá, Luzia! Como fico feliz quando descubro que estão gostando das histórias que compartilho! Ganho um presente ao ler mensagens como a sua. Obrigada.

    1. Olá, Cícera! Que bom que você gosta do repertório que compartilho! Espero que consiga espalhá-las entre as crianças. Bjos

    1. Olá, Eliana! Bom te ver acompanhando também essa Semana Especial! Espero que aproveite as histórias! Bjos

    1. Olá, Enry! Obrigada! Que bom que as seleções de histórias que eu compartilho tocam o seu coração. Abraços.

  4. Bom dia, Ana Flávia!
    Bela história, traz a alegria e delicadeza da chegada da primavera!!!
    Sou materneira em uma iniciativa Waldorf e me encanta conhecer suas histórias e compartilhar com meus pequenos!
    Mas se me permite um pedido… Que tal se as semanas especiais fossem apresentadas antes da época? Assim, sempre que quisessemos poderíamos preparar uma de suas histórias para a época com as crianças.
    Um abraço fraterno
    Fabiana Costa

    1. Oi, Fabiana! Que delícia ser Materneira Waldorf, um presente da vida!
      Seu pedido é super válido e sempre penso na antecedência. Embora nem sempre consiga cumpri-la, por vários motivos…
      Dessa vez, quando a semana especial anterior acabou, eu perguntei para as pessoas qual tema gostariam para uma próxima edição. E um tema que apareceu bastante, foi “primavera”! Tive só duas semanas para pesquisar e traduzir, foi super corrido. Mas tentei ajudar quem pediu, mesmo que em cima da hora! Prometo que na próxima organizarei tudo com mais tempo – até porque tenho uma lista com 10 temas interessantes para as próximas semanas especiais…!
      Obrigada pelo carinho. Bjos

      1. Ana Flávia, suas histórias são mais que ajuda, são um.lindo presente que está muito além do tempo e da época!
        Gratidão!!!

  5. Ana Flávia boa tarde!
    É semore gratificante tua gentileza de tantos estudos para depois repartir.Histórias de primavera e coelhinho é uma delícia.
    Gratidão.
    Kíusa Ribeiro.

    1. Kíusa, também achei essa mistura de primavera com coelhinho muito gostosa! Sei que no hemisfério norte a primavera e a Páscoa coincidem – e os coelhos invadem as histórias de primavera. Mas essa eu achei singela, bem bonita para compartilhar, sem falar de Páscoa. Bom que gostou! Abraços.

  6. Como sempre vc nos encantando com suas histórias. Parabéns! Os olhinhos dos meus baixinhos ficam brilhando ouvindo cda uma .

    1. Eba! Gostei de saber que seus pequenos gostam das histórias que eu compartilho e você faz chegar até eles! Bjos

  7. Parabéns , amei esse coelhinho . vou fazer um fantoche beeem fofinho , e contar a sua história , se me permitir. Obrigada pelas suas lindas histórias.

    1. Olá, Marta! A história não é minha. Eu só a traduzi. Mas acredito que ela seja nossa, do mundo, das crianças. Conte-a, sim! Bjos

  8. Oi Ana Flávia! Amei a história! Obrigada por nos presentear com suas dicas. As crianças adoram a boca de origami que aprendi com vc.

    1. Olá, Fabiane! Fiquei feliz por saber que gostou da história e que a boquinha também faz sucesso com as suas crianças! Bjos

  9. Olá, Ana! Adoro suas histórias, são encantadoras e muito educativas. Sua sensibilidade me emociona. Estou me preparando para contar história na semana da Crianças e adorei a da Margarida e todas que você compartilha. Adquiri também alguns livros de tirar o chapéu, segundo sua indicação. Estou amando. Tenho muitas
    dúvidas, mas você tem me ajudado muito…
    Muita luz e sabedoria na sua caminhada.
    Bjs com cheiro de gardênia.

    Arailde.

    1. Oi, Arailde! Que mensagem gostosa de ler: ver sua dedicação e sua busca tocou o meu coração. Dúvidas, teremos sempre. Temos é que ir atrás de possíveis soluções e forma de compreender o objeto de dúvida. Agradeço o carinho. Seguimos juntas, contando histórias. Bjos

    1. Oi, Tamara! Que bom que a história despertou em você boas lembranças! Ao ler sua mensagem, fiquei saudosista… Bjos

  10. As tuas historias sempre me encaram!
    Voce é show!
    Parabéns

    1. Olá, Maria da Conceição! Obrigada pela mensagem. Fico muito feliz quando recebo opiniões e sugestões para sempre melhorar e seguir em frente. Abs

  11. Ana querida!
    Como adoro suas narrativas, fico Encantada, posso imaginar como deve ser com as crianças…gratidão por todas as dicas.
    Que a Sabedoria puxe uma cadeira e permaneça para sempre do seu lado. Bjs com aromas de Primavera

    1. Ah, Arailde, senti os aromas da Primavera, obrigada! As crianças se encantam com boas narrativas. E acredito que precisamos levar esse encantamento para elas, ao longo de toda a infância, pois esse será o combustível interior que as motivará na vida adulta! Que a sabedoria nos acompanhe! Bjos

    1. Olá, Nárgila!
      Quer que eu cadastre esse e-mail que usou aqui? Posso fazer para facilitar pra você. Aguardo confirmação. Bjo

  12. Oi Ana troquei de email mas adoro suas historias e gostaria de recebe-las

    1. Olá, Eliana!
      Quer que eu cadastre esse e-mail na minha Lista? Posso fazer isso por você, para facilitar.Aguardo sua autorização. Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *