Como comemorar a Páscoa com as crianças?

 

Todo ano é a mesma coisa: a Páscoa vai se aproximando e a gente começa a pensar no que fazer com as crianças até o Domingo de Páscoa.

Para as crianças, a época da Páscoa começa bem antes da Semana Santa (umas duas ou três semanas antes). É nesse período em que vamos relembrando as cantigas tradicionais, contando as histórias temáticas, trazendo elementos para decorar a casa ou a sala de aula e muitas atividades características do período. Escrevi um artigo AQUI com dicas preciosas para a sua Páscoa ser inesquecível.

 

Nesse artigo, você vai conhecer:

  • o que é importante cultivar nas festividades anuais com as crianças
  • dicas práticas do que fazer com as crianças na Páscoa
  • receitas de Pão da Páscoa
  • outras delícias da Cozinha da Páscoa
  • uma história sobre um coelho que comeu o Pão da Páscoa e ficou mais corajoso

 

FESTIVIDADES ANUAIS

 

Comemorar as festividades anuais com as crianças deixa lembranças que elas guardarão pela vida afora. Traz a sensação de pertencimento a uma família, a uma comunidade, um povo, uma cultura.

Hoje, em tempos em que as tradições rígidas deram lugar a uma flexibilidade nas comemorações, podemos escolher quais experiências ofereceremos para as crianças, para que a época não seja apenas lembrada pelos ovos de chocolate do supermercado, mas também ofereça a possibilidade de conexão entre seres humanos de uma comunidade.

 

E como a gente cria a conexão entre os membros de uma família, de uma comunidade?

Pela arte, pela transmissão da cultura, pelo fazer com as próprias mãos e pela celebração.

 

ARTE

Com atividades artísticas ou a decoração dos ambientes com temas da época, despertamos o olhar para o cuidado, criamos um senso estético, ensinamos a fazer as coisas com capricho e vivenciamos processos (início-meio-fim).

 

 

 

 

Por exemplo, podemos enfeitar a porta de entrada da casa ou da sala de aula com uma guirlanda com motivos pascoalinos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Podemos fazer um cantinho com elementos naturais  e símbolos da páscoa (no caso, coelho e ovos), que traga beleza e harmonia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Podemos também fazer ninhos e já deixar alguns ovos ou mesmo deixar o ninho vazio para que no dia da Páscoa o Coelho coloque os ovos que trará.

 

 

 

 

 

 

CULTURA

 

A nossa cultura é transmitida através das cantigas, brincadeiras, alimentos, histórias e práticas relacionadas a um tema/época. Ela nos conecta ao nosso povo, a nossa língua materna, traz segurança e aquela sensação de pertencimento que nos conecta a algo maior.

 

Ao levar uma criança para a escola, por exemplo, podemos começar a cantar uma música de Páscoa e ela já entenderá que a Páscoa está se aproximando.

 

Histórias já podem ser contadas no período que antecede a semana da Páscoa, assim como brincadeiras pertinentes à época podem ser vivenciadas com as crianças. Veja AQUI a minha história predileta para a Páscoa!

 

 

FAZER COM AS PRÓPRIAS MÃOS

 

Nossa mãos são muito habilidosas!

Elas fazem cartões de Páscoa para pessoas queridas, presentinhos para os amigos, ovinhos ou pirulitos de chocolate, enfeites para a nossa casa, manualidades como esse coelhinho de lã super fofo (AQUI).

Fazem também delícias na cozinha que deixarão todos com água na boca! No próximo bloco, falaremos sobre receitinhas especiais!

Fazer com as próprias mãos fortalece a força de vontade, exercita a criatividade e a perseverança.

 

CELEBRAR

 

Celebrar as festividades anuais nos conecta a um grupo (família, amigos, colegas de classe, membros de uma comunidade) e também nos conecta a nós mesmos, ao nosso mundo interior. É um fluir contínuo que nos faz olhar para dentro e para fora.

Com as celebrações, desenvolvemos a entrega, a gratidão e a humanidade que há em nós.

 

 

 

Receitas de Pão da Páscoa

 

O pão da Páscoa

 

No domingo de Páscoa todos podem saborear os pães feitos no dia anterior. O pão da Páscoa é feito e formado com as mãos, pode ser salgado ou doce, grande ou pequeno. Um rolinho de massa de pão pode tomar a forma, por exemplo, de um sol. As crianças gostam muito de participar da manufatura do pão, inventar possibilidades, serem desafiadas a fazer um formato inusitado!  O pão pode, por exemplo, ter a forma de um coelho:

 

                                               

 

 

 

                                                   

 

 

Participando desse processo, podemos incentivar as crianças a nos ajudarem a fazer o pão da Páscoa e servi-lo no café da manhã do Domingo de Páscoa ou mesmo presentear um amigo depois de lindamente embalado.

 

 

 

Na Itália, a forma de cestinho é muito comum.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Abaixo, deixarei duas receitas para o pão. Mas você pode fazer uma receita conhecida, que as suas crianças gostem!

 

Receita 1

Ingredientes:

– meio quilo de farinha de trigo integral

– 135g de manteiga

– 100g de açúcar

– 3 ovos

– 1 colher de sopa de creme de leite

– algumas gotas de baunilha

– uma pitada de sal

– casca ralada de limão e laranja

– meia colher de sopa de fermento em pó.

 

Modo de preparo:  misture  e amasse todos os ingredientes e deixe descansar por uma hora na geladeira. Depois, forme os pães e asse em forno moderado até ficarem levemente dourados.

 

Receita 2

Ingredientes:

– 400g de farinha de trigo

– 100g de manteiga

– 1 ovo

– 50 g de açúcar

– uma pistada de sal

– 2 tabletes de fermento biológico

– leite se necessário (pouco)

– raspas de limão e laranja

 

Modo de preparo: diluir o fermento misturando-o com o açúcar. Acrescentar um pouco de farinha e deixar crescer. Misturar os demais ingredientes mornos e amassar bem. Sovar e deixar crescer novamente. Formar os pães e colocar numa assadeira untada. Deixar crescer novamente e pincelar com leite morno e gema de ovo. Assar em forno moderado até ficarem dourados.

 

 

Deixo também uma receita mais elaborada, para quem quiser experimentar algo diferente na Páscoa!

 

Kouglof

 Originário da Áustria, este pão, típico da Alsácia, é preparado na noite anterior e saboreado na manhã do domingo de Páscoa… Uma boa sugestão para presentear seus amigos e familiares.

Ingredientes:

– 600g de farinha de trigo (300g integral e 300g branca)

– 200g de manteiga (temperatura ambiente)

– 3 ovos

– 250ml de leite

– 125g de açúcar

– 15g de fermento biológico

– 10g de sal

– 100g de passas

– 1 cálice de Kirsch ou rum

– 20 amêndoas

– açúcar de confeiteiro

 

Modo de preparo: deixe as passas de molho no kirsch ou rum por 30 minutos. Desmanche o fermento com a metade do leite e acrescente 200g de farinha de trigo. Mexa bem; cubra e deixe levedar por 30 minutos, em lugar quente e seco. Misture o restante da farinha com a outra metade do leite, o sal e o açúcar. Incorpore os ovos e 100g da manteiga. Trabalhe a massa acrescentando o restante da manteiga aos poucos. Deixe repousar por 15 minutos e junte à massa fermentada. Trabalhe a massa até que ela desprenda do recipiente. Junte as passas e o Kirsch. Cubra novamente e deixe descansar por 1 hora ou até que dobre de volume. Unte generosamente, com manteiga, uma forma de Kouglof. Arrume as amêndoas no fundo e comprima bem a massa na forma. Deixe crescer novamente e asse em forno médio (180º) por cerca de 1 hora. Depois de frio, polvilhe com açúcar de confeiteiro.

 

Ah, e para acompanhar o pão da Páscoa, tem uma história sobre um coelho que era medroso. E depois que comeu o Pão da Páscoa, ficou com o coração corajoso! Leia AQUI.

 

Outras delícias da Cozinha de Páscoa

 

No domingo de Páscoa, o cardápio pode ser especial, tanto no que diz respeitoaos ingredientes que nos lembram a Páscoa (cenoura, ovos…), quanto na apresentação dos pratos.

As crianças vão experimentar e se apaixonar pelas receitas especiais!

 

Molho de cenoura para massas

 

Corte duas cenouras em pedaços. Refogue com 1 cebola picada e adicione água em fervura até cobrir a cenoura. Deixe cozinhar até amolecê-las. Deixe esfriar e, em seguida, bata no liquidificador com 1 colher (chá) de sal. Leve novamente ao fogo com 200 ml de água para dar consistência de molho, acrescentando 1 folha de louro para quebrar o doce e exercer função digestiva.

Sugestões para variar a receita o longo do ano: substitua a cenoura por abobrinha e o louro por manjericão ou a cenoura por abóbora e o louro por uma colher de alecrim seco.

 

 

 

 

Para um dia quente, um coelho delicioso com saladinhas, pão e um patê a gosto do freguês!

 

 

 

 

 

 

 

 

Para as crianças que adoram frutas, esse coelho de abacaxi deitado numa cama de frutas será um sucesso!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ovos no cardápio do Domingo de Páscoa são muito bem-vindos!

 

 

 

 

 

 

 

Se quiser mais inspirações para a Páscoa, não deixe de conferir esse artigo!

 

Espero que a Páscoa da suas crianças (e a sua) seja sempre vivida com plenitude e relembrada com o coração cheio de alegria!

 

Feliz Páscoa!

Ana Flávia Basso

 

 

18 thoughts on “Como comemorar a Páscoa com as crianças?

  1. Parabéns !
    Agradeço tanto cuidado em passar
    um conteúdo tão especial !
    Que gostoso todos os preparativos interior e exterior .
    A festa , a celebração da Páscoa acontece cheia de significados verdadeiros, através de uma
    linguagem infantil ,
    Feliz Páscoa !

    1. Olá, Neusa!
      Adorei ler sua mensagem! Que bom que você compreendeu com profundidade a importância das festas e da linguagem infantil. Feliz Páscoa para você também! Abraços

  2. adorei as sugestões gostaria de receber a história do coelho se possivel.
    obrigada
    Mari Stéla

    1. Olá, Luciane! Que bom que passou por aqui e gostou das dicas! Abraços, Ana Flávia

  3. Suas histórias e inspirações estao sendo fundamentais para desenvolvimento de nosso trabalho no Quintal da Criança em Florestal .M.G. Gratidão

    1. Olá, Kyvia! Que alegria saber que as crianças do Quintal da Criança estão ouvindo boas histórias! Parabéns pelo trabalho e obrigada por compartilhar essa informação comigo, pois me traz muita alegria! Abração!

    1. Olá, Andreia!

      Que bom que você gostou da história! Espero que tenha a oportunidade de contá-la! Abraços, Ana Flávia

  4. Ana, boa noite!
    Obrigada pelas dicas e
    receitas. Muito lindo!
    Feliz Páscoa!

    1. Olá, Sandra! Agradeço o seu retorno positivo. Adorei saber que você gostou. Feliz Páscoa para você e sua família! Bjos

    1. Olá, Eurídice! Que bom que você gostou! Gosto muito de escrever para vocês que gostam de ler! Eu agradeço também o seu carinho. Bjos

  5. Parabéns pelo o seu trabalho!
    Com certeza seguiremos as suas dicas. Feliz Páscoa.

    1. Olá, Roseli! Muito obrigada pela mensagem carinhosa.
      Fico feliz por saber que está animada para colocar as dicas em prática!
      Feliz Páscoa para você também e para a sua família! Abraços

  6. Boa noite Ana! Quero agradecer por compartilhar com tanta delicadeza e carinho este material.

    1. Oh, Michele! E eu agradeço suas palavras tão gentis! Feliz Páscoa! Ela está chegando! Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *