Quem gosta do mar levanta a mão!

 

Tem gente que gosta de praia e tem gente que não. Tudo bem!

Mas sejamos honestos: tem muita história linda que fala sobre o mar!

Marinheiros, piratas, pescadores, sereias… Peixinhos, tubarões, baleias, estrelas-do-mar, conchinhas… Navios, grandes navegações, descobrimentos de novas terras…

 

Quantas opções! E ao contar uma história que mencione o mar, podemos usar um instrumento que nos lembra o seu som natural.

Eu fiz um vídeo ensinando a construir esse instrumento que não tem ainda um nome.

E deixarei a seguir uma narrativa que criei para a filha de uma amiga. A pequena gosta do mar, faria dois anos e inspirou essa historinha que pode também ser feita com gestos. Ou você poderá usá-la para treinar o uso desse instrumento.

Experimente esse RECURSO DE SONORIZAÇÃO e enriqueça a sua história!

Divirta-se!

 

Brisa do mar (Ana Flávia Basso)

 

Ah, a brisa da praia,

Leve ventinho a soprar

Que move os grãos de areia

E as ondas do mar

 

Chuá, chuá (fazer movimentos com as mãos, pra frente e para trás)

 

Mas, quando chega o senhor vento

Nada parado vai ficar

Esse vento barulhento

Muda tudo de lugar!

 

Vvvvvvv, Vvvvvvvv (movimentos para os lados)

 

Vai a areia, vêm as folhas

Com o vento a assobiar

E ao mover as ondas

Mexe até no fundo do mar (movimento de mergulhar com as mãos)

 

O cavalho-marinho (mexer dedo mínimo)

Logo começa a dançar

E estrela-do-mar (mexer o anular)

Adora rodopiar

 

O caranguejo esperto (mexer o dedo médio)

Logo se põe a brincar

E o polvo animado (mexer o indicador)

Só quer saber de bailar

 

Todos fazem uma festa (mexer a mão toda)

Lá no fundo do mar

É tanta alegria

Que nem dá pra imaginar

 

E as crianças, em casa

Começam a perguntar

‘O que será que acontece

Quando o vento sopra no mar?’

 

A mamãe muito sabida

Conhece os segredos do mar

E chega com uma surpresa

Difícil de acreditar

 

Não é sereia, nem ouriço

Nem baleia, nem golfinho,

É uma concha redondinha

Que parece uma orelhinha

 

Ela guarda um mistério

Que a mamãe vai desvendar

Encostando-a na orelha (levar as duas mãos perto de uma orelha)

É possível escutar…

 

Lendas, histórias e cantos

Murmúrios do fundo do mar

Aventuras de marinheiros

E de barcos a navegar

 

Quando bate a saudade

Da brisa gostosa do mar

Encosto a concha na orelha (levar as duas mãos para a outra orelha)

E logo começo a sonhar.

 

Bem, espero que tenha gostado da história e se anime a construir o seu instrumento de sonorização do mar! Confira o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=Ts6mYBzHctI

 

Um forte abraço,

Ana Flávia Basso

10 thoughts on “Vamos contar uma história sobre o mar e construir um instrumento de sonorização de narrativas?

    1. Oi, Christiane!
      Fico feliz que tenha mergulhado nesse mar e em seus sons! Abraços

  1. Passei aqui para agradecer por suas histórias. Estou aposentada a 21 dias. Ontem fui convidada pela secretaria de educação de Queimados RJ, para contar uma história e escolhi a sua “Uma história para contadores de histórias”, usei adereços e fantasia foi lindo. Todos gostaram. Gratidão! Ana Lucia
    RJ

    1. Olá, Ana Lúcia!
      Que notícia deliciosa de ler! Fico feliz com o convite que você recebeu da Secretaria de Educação de Queimados e com o fato de ter escolhido essa história que eu amo tanto para contar! Obrigada por compartilhar comigo a sua experiência! Abraços, Ana Flávia

  2. Seus vídeos são maravilhosos, repletos de conteúdos sensíveis , sérios , encantadores! São inspiradores. Gratidão!!!

    1. Olá, Elaine! Muito obrigada pela mensagem carinhosa. Fico feliz que esteja se inspirando com os vídeos e os conteúdos que venho compartilhando. Um forte abraço, Ana Flávia

    1. Muito obrigada pelo carinho, Juliane! Fico feliz de saber que você está lá no canal também! Bjos

  3. Olá e parabéns pelo seu trabalho maravilhoso!
    Sou de Portugal e tenho acompanhado recentemente o seu canal e o site.
    Tem dado dicas fabulosas, trabalho com crianças, nomeadamente com histórias e tenho aprendido muito.
    Vou ler este poema do Mar a várias turmas de pré-escolar e 1°ciclo(idades entre 4 a 9 anos) com temática do Mar.
    Queria saber se a parte dos dedos vamos um dedo de cada vez para cada animal marinhos ou acrescentamos conforme vamos contando. Estou a perguntar isto porque não vi nenhum vídeo com esta história.
    Obrigada e bjs portugueses!

    1. Olá, Vanda! Senti os ares de Portugal com sua mensagem!
      Fiquei feliz por saber que o poema sobre o mar será usado em Portugal!
      Olha, não fiz um vídeo sobre os gestos desse poema… Mas já fiquei com vontade de fazer, depois da sua dúvida.
      Eu sugeriria acrescentar os dedos conforme vamos contando. É possível mexer os dedos individualmente mas, aqui no Brasil, o dedo médio sozinho lembra um palavrão (palavra feia). Se fizermos esse gesto em sala de aula, podemos despertar risadas nas crianças e a bagunça tenderá a se formar. Para evitar isso, costumo acrescentar os dedos. Não sei como é em Portugal…
      Fique à vontade para fazer como você sentir que deve ser feito para os seus alunos!
      Qualquer dúvida, estou por aqui.
      Beijo grande, com ares da primavera recém chegada ao Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *